(19) 3500-1700  •  Consultare – Centro Médico Acessível

exame toxicológico para que serve

Para que Serve Exame toxicológico? O que é, Como é Feito

Se você está em busca de entender o que é exame toxicológico, então você está no lugar certo!

Comum de ser solicitado no processo de emissão ou renovação da habilitação, esse exame procura identificar a presença de drogas no organismo de quem é avaliado.

Com ele, é possível verificar o que uma pessoa consumiu nos 90 dias antecedentes da coleta.

Para saber em mais detalhes o que é exame toxicológico, como ele funciona, quais são os métodos usados nas coletas, quais drogas ele detecta e muito mais, basta seguir a leitura deste artigo.

O exame toxicológico é um procedimento altamente confiável e prezamos pela veracidade dos laudos emitidos. Venha nos conhecer!

O que é o exame toxicológico?

O exame toxicológico, como informado acima, é uma análise que busca identificar substâncias no organismo, principalmente drogas.

Esse teste permite saber o que uma pessoa em avaliação consumiu nos 90 dias antecedentes à coleta.

Na prática, ele é feito coletando amostras do corpo da pessoa, como cabelo, pelos, sangue e urina. Assim, ele consegue identificar a presença de entorpecentes. 

Exame toxicológico: para que serve?

exame toxicológico quanto tempo

O exame toxicológico serve para identificar substâncias psicoativas, ou seja, drogas, no organismo de uma pessoa.

Deste modo, esse exame serve para saber o que alguém consumiu em avaliação nos 90 dias antes da coleta e ter informações mais completas que exames tradicionais, como de sangue e urina.

É importante ressaltar que o teste para consumo de bebidas alcoólicas não faz parte do exame toxicológico, portanto, não há problemas em fazer essa coleta um dia depois de beber cerveja, vinho e afins.

Como funciona e para que serve o exame toxicológico?

Entendendo melhor o que é exame, talvez ainda reste a dúvida de como ele funciona. Mas nós te esclarecemos isso também!

De maneira geral, ele verifica se a pessoa em avaliação ingeriu alguma substância ilícita em um período de 90 dias antes de realizá-lo.

Essa verificação é feita analisando a queratina no corpo da pessoa, por meio de uma amostra de cabelo, pelo, unha, sangue, urina e semelhantes.

Com isso, a sua serventia é justamente analisar as substâncias que a pessoa fez uso ou teve contato nos últimos 90 dias.

É comum que o exame toxicológico seja solicitado ao emitir ou renovar a CNH em categorias como C, D ou E,  em vagas na Polícia Militar, Civil ou Federal e também em concursos públicos específicos. 

Exame toxicológico para que serve: qual a importância?

O exame toxicológico é importante porque ajuda a manter a segurança de alguns trabalhadores, como motoristas de caminhão, de van e de ônibus.

Isso porque esses profissionais, muitas vezes autônomos, se entregam a longas jornadas de trabalho e, para aguentá-las, recorrem a substâncias que os mantém mais tempo acordados, como os rebites, ou ainda drogas mais pesadas, como ecstasy ou cocaína.

Porém, manter-se ao volante sob essas substâncias é arriscado tanto para a vida destes motoristas, quanto para quem está ao seu redor no trânsito.

Portanto, o exame toxicológico é importante porque ajuda a inibir o uso de substâncias por parte de motoristas de caminhões, vans e ônibus, logo, evita que eles passem por situações perigosas que causem acidentes e até mesmo mortes.

O que é Toxicológico Periódico (Exame dos 30 meses)?

O Toxicológico Periódico é uma modalidade do exame toxicológico, exigido pelas novas regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Essas regras preveem a renovação do Exame Toxicológico a cada 30 meses, o tornando um exame periódico, não só exigido ao renovar a CNH.

Assim, todos os motoristas habilitados nas categorias C, D ou E com idade inferior a 70 anos são obrigados a realizar o toxicológico periódico a cada 2 anos e 6 meses (30 meses).

Já os motoristas acima de 70 anos devem realizá-lo somente ao renovar a CNH.

Como o exame toxicológico é feito e quando é necessário fazer?

O exame é feito recolhendo uma amostra biológica da pessoa, como cabelo, pelo, sangue, urina e semelhantes.

Geralmente é necessário fazer esse exame para comprovar a aptidão de uma pessoa antes de contratá-la em determinados serviços, como caminhoneiros e motoristas de ônibus.

Por isso se tornou obrigatório fazer esse exame ao renovar ou tirar a carteira de habilitação das categorias C, D e E.

E para além de usar o exame para admitir uma pessoa, ele também pode ser necessário para justificar uma demissão por justa causa.

Quais são os métodos utilizados para a coleta de amostras

Agora já está mais claro para você o que é exame toxicológico? Então é hora de entender melhor quais são os métodos usados para coletar as amostras biológicas. Conheça eles abaixo!

Sangue

A amostra de sangue geralmente é uma opção para detectar substâncias usadas em um período de tempo mais curto, como nas últimas horas.

Urina

A amostra de urina só detecta o uso de substâncias químicas dos últimos 7 dias antes do teste, pois esse é o período em que as substâncias são diluídas pelo fígado e chegam à urina.

Suor

Esse tipo de exame toxicológico costuma se basear no suor da impressão digital para fazer a análise do uso de alguma substância no organismo de uma pessoa, sendo um dos métodos menos invasivos.

Cabelo

Ao ter que realizar um exame toxicológico feito com a amostra de cabelo, o paciente permite que uma pequena amostra seja cortada, próxima a raiz, para ser levada para análise laboratorial.

Pelos

Esse método de exame toxicológico recolhe pelos do corpo da pessoa avaliada, como os pelos do braço, da perna e da axila.

O exame toxicológico requer algum tipo de preparação?

o que é exame toxicológico para cnh

Não, o exame toxicológico não requer nenhum tipo de preparação por parte de quem será avaliado.

Basta ir a um laboratório que seja referência para ter sua amostra coletada e enviada para a análise.

E embora os métodos de detecção variem de acordo com os laboratórios, praticamente todos os meios são seguros e tem chances praticamente nulas de gerarem um falso positivo.

Aliás, quando o teste confirma a presença de drogas no organismo, é comum que os laboratórios o façam novamente, para garantir a precisão do resultado.

Quais drogas são detectadas no exame toxicológico?

As principais substâncias detectadas no exame toxicológico são:

  • maconha;
  • derivados de maconha (haxixe);
  • anfetamina;
  • LSD;
  • crack;
  • morfina;
  • cocaína;
  • heroína;
  • ecstasy.

Quais remédios prescritos podem reprovar no exame toxicológico?

É importante saber que caso o seu exame toxicológico dê positivo por conta de algum remédio, é preciso apresentar ao laboratório a comprovação de uso dessa medicação, prescrita por um profissional da saúde habilitado.

Esse comprovante pode ser entregue durante a coleta ou depois do resultado positivo, basta conter nele desde quando a utilização do medicamento é feita.

A prescrição médica é analisada pelo laboratório e, caso haja uma compatibilidade com a substância do remédio e a encontrada no organismo, é emitido um laudo isentando a pessoa avaliada.

Álcool e cigarro são detectados pelo exame toxicológico?

Os exames toxicológicos não incluem teste para consumo de bebidas alcoólicas ou uso de cigarro.

Mas mesmo não incluído no exame, alguns locais podem solicitar aos laboratórios exames complementares que detectem a quantidade de álcool no sangue ou no cabelo do avaliado.

Exame toxicológico de cabelo ou de pelo. Qual é a diferença?

A diferença entre o exame toxicológico de cabelo ou de pelo está no fato de que, no primeiro, a detecção consegue ser feita num tempo de 90 dias, precisando de pelo menos 3cm de cabelo.

Já as análises feitas com amostras de pelos do braço, perna, axila ou peito, costumam ter um tempo de detecção do uso de alguma droga aumentada para 180 dias antes da coleta.

Quanto tempo após o consumo, a droga é detectada pelo exame toxicológico?

Assim que uma droga é consumida, a oleosidade da pele e a transpiração levam a substância para o cabelo.

Conforme o cabelo cresce, essas substâncias são incorporadas no córtex capilar e ficam fixadas lá.

Com uma amostra de 3cm de cabelo, é possível, por exemplo, detectar drogas consumidas nos últimos três meses, ou seja, 90 dias.

Já com uma amostra de pelo do braço, perna, axila ou peito, é possível detectar drogas consumidas nos últimos seis meses, ou seja, 180 dias.

O exame toxicológico é um procedimento altamente confiável e prezamos pela veracidade dos laudos emitidos. Venha nos conhecer!

O que acontece se eu não fizer o exame toxicológico?

Não fazer o exame toxicológico resulta em multas para condutores de caminhão, van ou ônibus, pois para eles esse exame é obrigatório.

Então, os motoristas que se negam ou esquecem de fazer esse exame ou ainda se negam a apresentarem os seus resultados devem pagar uma multa de R$ 1.467,35 – valor válido para CNH nas categorias C, D e E.

Essa punição foi prevista na Lei 14.071/20, aprovada em outubro de 2020, com o intuito de diminuir o número de motoristas que usam substâncias para se manterem acordados e conseguirem fazer longas jornadas na estrada.

Quem pode pedir o exame toxicológico?

O exame toxicológico pode ser pedido por empresas que contratam empregados das seguintes categorias: motoristas de caminhões, ônibus, carretas e operadores de empilhadeiras e máquinas.

Isso porque esse exame é obrigatório por lei para contratação e prevenir as organizações de más práticas, como usar substâncias para se manter acordado ou sem razões aparentes.

No mais, é importante saber que empresas podem solicitar o exame toxicológico não só na hora da contratação, mas também periodicamente, para manter a segurança tanto do colaborador, como do restante do negócio.

O que acontece quando o exame toxicológico dá positivo?

O resultado positivo do exame toxicológico acarreta em problemas principalmente para os motoristas, que conforme falamos acima, devem até mesmo pagar multas caso não realizem o exame.

Se um condutor tem o resultado do exame toxicológico positivo, é negado a ele a renovação ou mudança de categorias das CNHs C, D e E.

Caso o motorista queira fazer o exame novamente, mas em outro laboratório, segundo a resolução nº 691, de 27 de setembro de 2017, se o segundo teste der negativo, prevalece aquele que apontou o resultado positivo.

Quanto tempo demora para sair o resultado do exame toxicológico?

O resultado do exame toxicológico sai em aproximadamente 48 horas.

Já para concursos públicos, o prazo de entrega dos resultados pode ser de até dez dias úteis depois que a amostra é recebida pelo laboratório de análise.

Deste modo, é fundamental ficar de olho nos prazos que são estabelecidos tanto por empresas, quanto por órgãos responsáveis por concursos, para não perder a sua oportunidade ou até mesmo ser multado.

Por que fazer exame toxicológico na Consultare?

O exame toxicológico feito por nós, da Consultare, garante a segurança e precisão dos resultados, sem falsos negativos ou falsos positivos.

Você pode contar com a nossa análise sempre que precisar, com um atendimento de qualidade tanto na chegada da clínica, quanto no momento da coleta.

O exame toxicológico é um procedimento altamente confiável e prezamos pela veracidade dos laudos emitidos. Venha nos conhecer!

Conclusão

Com esse artigo, nossa missão era te explicar o que é exame toxicológico e como ele funciona na prática.

Por isso, te apresentamos os métodos usados para coletar amostras, como de sangue, urina, suor, cabelo e pelos.

Além disso, mostramos quais são as principais substâncias detectadas neste exame, como maconha, LSD, cocaína, anfetamina, crack, morfina e afins.

Esperamos que nosso artigo tenha solucionado todas as suas dúvidas sobre o que é o exame, como ele é feito e para que ele serve!

Mais Artigos

Redução de Acidentes com a Implementação do Exame Toxicológico: Um Marco na Segurança Viária

Na Clínica Consultare, temos o compromisso de oferecer serviços médicos de alta qualidade e acessíveis a todos os nossos pacientes. Entendemos a importância de ter acesso a exames de imagem precisos e confiáveis para o diagnóstico e tratamento adequado de diversas condições médicas. Por isso, aceitamos o convênio Unimed para nossos serviços de ultrassom e raio-X, proporcionando uma opção conveniente e econômica para cuidar da sua saúde.

Saiba Mais +

Bem-Estar no Trabalho: Estratégias para Equilibrar a Vida Profissional e Pessoal

Na Clínica Consultare, temos o compromisso de oferecer serviços médicos de alta qualidade e acessíveis a todos os nossos pacientes. Entendemos a importância de ter acesso a exames de imagem precisos e confiáveis para o diagnóstico e tratamento adequado de diversas condições médicas. Por isso, aceitamos o convênio Unimed para nossos serviços de ultrassom e raio-X, proporcionando uma opção conveniente e econômica para cuidar da sua saúde.

Saiba Mais +

Exame Toxicológico: Condutor, O Prazo de Regularização está Acabando!

Na Clínica Consultare, temos o compromisso de oferecer serviços médicos de alta qualidade e acessíveis a todos os nossos pacientes. Entendemos a importância de ter acesso a exames de imagem precisos e confiáveis para o diagnóstico e tratamento adequado de diversas condições médicas. Por isso, aceitamos o convênio Unimed para nossos serviços de ultrassom e raio-X, proporcionando uma opção conveniente e econômica para cuidar da sua saúde.

Saiba Mais +